Pesquisar este blog

quarta-feira, 8 de abril de 2009

Fraternidade e Segurança Pública

POLÍTICA E CULTURA


Fraternidade e Segurança Pública


Este é o tema da Campanha da Fraternidade 2009. Coloca em foco o tema da violência e da insegurança na qual vivemos hoje. Certamente a atual crise mundial é hoje o principal fator de insegurança para a vida das pessoas, embora a violência ocasionada pelo tráfico de drogas seja aquele mais imediatamente sentido por todos. O livro texto-base da campanha em sua primeira parte delineia todo quadro de insegurança em que vivemos.
Será que a fraternidade pode de fato ser uma resposta a nossa insegurança? Haverá esperança para nós num mundo onde o fator econômico conta mais que o valor humano?
Muitas vezes certamente pensamos que não. Ao olharmos os resultados de reuniões como o G20 recentemente realizada em Londres, certamente não sentimos motivo para nos tranqüilizarmos.
Essa semana é a semana santa para os cristãos na qual se celebra a paixão, morte e ressurreição de Jesus. É afirmação de que a dor , o sofrimento e até a morte não impedem a vida.
Será que nós encontramos na nossa realidade sinais dessa ressurreição de Cristo, que nos dêem esperança para continuar vivendo no meio de tantas crises, violências e dificuldades.
A fraternidade entre os homens que tem fundamento na fé em Cristo e que na nossa realidade tem muitos sinais, como a solidariedade que existe nosso povo é força e esperança pascal para continuarmos caminhando.

Um comentário:

marluce disse...

Todos devem compartilhar a vida pública e terem respeitada a sua privacidade.
A política, situada no plano da vida pública, não deve ser apenas assunto dos poderosos, pois interessa aos cidadãos em geral- Homens e mulheres, negros e brancos,ricos e pobres.
Obrigada, Dr.Benedito Scaranci por abrir este espaço para q possamos expressar nossas idéias e pensamentos no amplo dos valores da vida pública, no campo da política.
Meus cumprimentos,
Marluce Couto.
Graduando em Direito.